Contato

(51) 3028-7576

Atendimento

SEGUNDA A SEXTA-FEIRA das 9H ÀS 18H


Tratamento Endodôntico (Tratamento de Canal)

A endodontia, mais conhecida como tratamento de canal, é um ramo da odontologia ligado diretamente à dor dos dentes quando estes sofrem algum tipo de trauma ou que tem cárie em estágio avançado.
O tratamento é indolor, com uso de anestesia e, às vezes, nos casos de polpa mortificada, não é preciso anestesiar.
Inflamação ou infecção na polpa dental (tecido repleto de pequenos nervos localizados no interior do dente), causa hipersensibilidade à pressão, às variações de temperatura, além de dor espontânea (aquela que ocorre independente de estímulos externos), tudo distribuído em uma escala evolutiva que depende da gravidade da doença.
Em caso de cárie, é aberta uma espécie de orifício por onde entram as bactérias que acabam causando a infecção. Já quando ocorre forte batida dos dentes, por ocasião de algum acidente ou prática esportiva, o tecido que forma a polpa sofre danos e pode ter a maioria das células mortas.
O bruxismo também causa um trauma aos dentes, podendo causar danos à polpa e levando ao tratamento de canal.
O tratamento consiste em limpeza do canal e retirada do tecido inflamado, contaminado ou morto, limpeza das paredes internas com instrumentos apropriados e “lavagem”do canal com solução adequada que evita a proliferação de bactérias.
Após esse processo, o canal é obturado com materiais específicos.
O dente permanece vivo após o tratamento: osso, membrana periodontal(fibras que fixam o dente ao osso) e cemento (camada que recobre as raízes) continuam em perfeita condição.
Em caso de dor ou suspeita de cárie, o dentista deve ser procurado imediatamente. Quanto mais cedo o problema for sanado, maiores são as chances de sucesso do tratamento.
Uma vez que a infecção atinge a parte óssea, existe a possibilidade de reincidência do problema. Lesões e abcessos na ponta da raiz poderão surgir e serão diagnosticadas em exames radiográficos de rotina.
Um dente já tratado pode receber o retratamento endodôntico quando o profissional que realizou o primeiro tratamento não conseguiu obter os padrões de limpeza e /ou preenchimento hermético do canal com o material obturador.
Terminado o tratamento endodôntico, a restauração definitiva deve ser realizada o mais breve possível, pelo especialista em Dentística Restauradora ou Prótese Dentária.

Dra. Daniela Rossatto

conquiste o seu
sorriso. agende uma consulta.

Entraremos em contato para validar o agendamento.