Contato

(51) 3028-7576

Atendimento

SEGUNDA A SEXTA-FEIRA das 9H ÀS 18H


CLAREAMENTO

O clareamento dentário é um tratamento estético que visa deixar os dentes mais brancos. Normalmente, as pessoas procuram este tratamento quando têm os dentes amarelados ou escurecidos, decorrentes do consumo de líquidos e alimentos com pigmentos, do cigarro, do envelhecimento, ou por ser uma predisposição natural.

Dentes amarelados são esteticamente desagradáveis e envelhecem a face, o que faz com que o clareamento dentário seja um dos tratamentos estéticos mais procurados.

O tratamento consiste em aplicações de um gel a base de peróxido de hidrogênio ou de carbamida. Este gel, pelo seu baixo peso molecular, atravessa o esmalte do dente, chegando na dentina e quebrando as moléculas de pigmentos em cadeias menores, diminuindo a intensidade da cor.

O tratamento pode ser realizado em casa ou no consultório. Na técnica que é realizada em casa o paciente recebe uma moldeira a base de silicone – confeccionada sobre um moldelo de gesso da boca do paciente – e seringas com o gel clareador indicado para o caso. O paciente fará uso do gel dentro da moldeira, de acordo com as orientações, em casa, retornando ao consultório periodicamente para acompanhamento.

A técnica realizada no consultório também utiliza gel, porém ele é, normalmente, mais concentrado e é ativado por aparelhos como Laser de Argônio, Laser de Diodo, LED (Light Emitting Diodes), Lâmpada de Xenônio e Luz Ultravioleta. O número de sessões varia para cada caso. O resultado é um clareamento mais rápido e com total controle pelo profissional.

Após clareados os dentes não voltarão a ter a cor de antes do tratamento. Porém, como continuamos envelhecendo e consumindo produtos que escurecem os dentes a duração do resultado é em torno de dois anos. Pode ser necessária uma manutenção, que pode ser feita a cada 6 meses ou 1 ano.

Como há uma variação na coloração da composição dos dentes de cada paciente e na resposta deles ao tratamento clareador, não é possível ter uma previsibilidade extata de cada resultado.

Sabe-se que dentes acinzentados costumam necessitar um período de tratamento mais longo, com resultados menos satisfatórios.

Dentes que foram manchados pelo uso de tetraciclina e derivados durante sua faze de formação, necessitam de uma avaliação e protocolo específicos.

Dentes que possuem canal tratado não respondem da mesma maneira que os dentes vitais ao clareamento externo. Para clarea-los, utiliza-se o acesso feito para o tratamento de canal, para a realização de um clareamento interno.

O clareamento dental é um tratamento puramente estético, o que determina a necessidade da sua realização é o fato de o paciente não estar sentindo-se à vontade com a cor dos seus dentes.

Quanto à sensibilidade durante o tratamento clareador, esta varia para cada paciente, mas existem alguns cuidados que devem ser tomados pelo profissional, como cobrir áreas de retração gengival, por exemplo.

A administração de flúor ou outros produtos desensibilizantes costuma ajudar bastante a diminuição do incômodo.

Cuidados

Muitos produtos que oferecem o clareamento possuem apenas ingredientes abrasivos que removem as manchas externas dos dentes, mas não mudam a cor dos mesmos. É preciso ter cuidado, pois o uso indiscriminado pode causar abrasão (desgaste) do esmalte dentário.

Outros possuem ingredientes clareadores, porém o uso sem orientação profissional pode levar a não obtenção do resultado desejado e, o mais importante, pode causar prejuízo ao esmalte dentário e tecidos moles da boca.

O clareamento dental não causa danos aos tecidos bucais, desde que sejam utilizados em uma formulação, concentração e tempo corretos e em pacientes que não possuam, por exemplo, problemas periodontais (da gengiva), cáries e infiltrações nas restaurações. Estes devem ser tratados antes da realização do tratamento.

Este tratamento está contraindicado em caso de gravidez e aleitamento materno.

conquiste o seu
sorriso. agende uma consulta.

Entraremos em contato para validar o agendamento.